image1 image2 image3

Mãe e filha Fashion Blogger|Prazer; Seja bem vindo!|Eu sou a Gracielli Roque|' Eu sou a Duda Roque

Dicas: Filhos na escola

Oieee Pérola! Tudo bem?
Mais uma semana começando, benção né?!
Então vamos as dicas para acompanhar o desempenho dos filhos na escola. VEM COMIGO!!

Auxiliar na construção de uma vida de sucesso, garantir tudo do bom e do melhor e claro, permitir com que nossos pequenos frequentem os melhores colégios da cidade. Esses e outros desejos são os mais ouvidos entre os pais quando o assunto é educação e vida estudantil de seus filhos.
Mas nem sempre essas metas são suficientes para que as crianças tenham um desempenho satisfatório e que consiga acompanhar efetivamente o curso disponibilizado nas escolas.

A parceria entre pais e educadores é crucial para o desenvolvimento da criança, pois através da conversa entre eles, é que se pode detectar falhas, avanços e até mesmo encontrar maneiras de como solucionar a defasagem da criança.
E para isso, nada melhor do que procurar se encontrar com o educador nas reuniões em que o colégio disponibiliza para que o trabalho de ambos esteja sempre em sintonia. É preciso que nós, pais compareçam SEMPRE nas reuniões de pais e mestres, pois é nesse momento que podemos encontrar maneiras de nos ajudar.
Verificar a agenda, conferir as lições de casa e os trabalhos em grupo, também são maneiras eficazes de saber como está o acompanhamento dos nossos filhos. Muitos pais deixam de observar o caderno dos filhos, conferir a letra, o capricho e o interesse da criança nas lições de casa. Isso também é prejudicial, vamos ficar ligadas! 

Notas 
É preciso também não estipular notas e não cobrá-los demais. A cobrança é um dos fatores que prejudica o bom desempenho escolar dos pequenos.
Olhem que demais, achei um máximo...
Adriana Fogaça (morador de Araruama), mãe do menino de 10 anos. Ele chegou em casa chorando depois de tirar duas notas vermelhas na escola.
Em vez de dar uma bronca ou proibir João Pedro de jogar videogame, Adriana optou por se solidarizar com a criança e incentivá-la a se esforçar ainda mais para melhorar seu desempenho.
Assim, no lugar do castigo, Adriana deixou um bilhetinho carinhoso acompanhado por alguns chocolates em cima da cama de seu filho. A atitude da mãe rodou a internet depois que sua filha, de 16 anos, compartilhou a história no Twitter.
Palavras dessa doce mãe: “Eu nunca fui mesmo ligada em nota, né? Não que eu não goste de ‘nota azul’, mas eu acho que empenho é muito mais importante do que isso“, contou ela. Essa forma de ver o mundo foi uma herança que Adriana recebeu de seu pai, que, segundo ela, sempre colocava o amor em primeiro lugar.
“Eu tento agir sempre com eles assim: com leveza, porque a vida já é muito dura, né?”, declarou a mãe de João Pedro. Lindo né?! #soudessas hahaha...

Caso a criança teve uma nota abaixo do recomendado, o ideal é que nós pais procurem disponibilizar um tempo para estudar junto com a criança e mostrá-la que é possível sim recuperar, isso fará com que eles sintam-se mais autoconfiantes e aprendam com os seus erros. Brigar e exigir notas acima do que ele tem apresentado não é uma maneira saudável de ajudá-los na recuperação. É essencial que os pequenos enxerguem os seus pais como amigos e que estarão sempre ao lado para poder ajudá-los.

Conversar como amigos
É preciso que os pais conversem abertamente com os seus filhos sobre os mais diversos assuntos: desde sexualidade à drogas. Ter um relacionamento aberto com os pequenos faz com que eles sintam-se a vontades de também conversar sobre tudo. Infelizmente, estamos suscetíveis a todo tipo de violência nos dias de hoje, e estabelecer um diálogo com as crianças, é uma maneira de fazer com que elas confiem nos pais e estejam dispostas a contar tudo sobre sua vida...
Perguntem diariamente se eles tem dúvidas e incentive o hábito da leitura. Crianças que gostam de ler livrinhos infantis estimulam a imaginação e até o poder de argumentação...

Atividades físicas

A prática de atividades físicas também é uma ótima opção para que as crianças fiquem mais atentas, o que contribui eficazmente no resultado escolar. As crianças tem muita energia e por isso, precisam gastá-las. Para isso, o recomendado é que os pais procurem brincar ou até mesmo caminhar com os seus filhos durante alguns minutos. Isso já é o suficiente para mantê-los dispostos.

Amigas, esse post é em parceria ao Colégio Albert Einstein, que indico e confio! 

Se inscreva no canal: Gracielli Roque
Siga o instagram: @gracielliroque
Curtam a fan page: Gracielli Roque
E-mail: gracielliroque@outlook.com

Beijinhos

Compartilhe:

CONVERSATION

0 comentários: